27 março 2010

A justiça foi realmente feita ??


Claro que jamais saberemos o que realmente aconteceu desde a saída de Alexandre Nardoni, Ana Jatobá e os filhos, da casa da mãe de Jatobá, naquela noite fatídica.

Talvez um dia, Pietro, da mesma idade de Isabella, possivelmente a unica testemunha ocular da história, resolva falar, escrever um livro, e ganhar muito dinheiro. Terá que ser muito corajoso e , principalmente, vencer o trauma que é presenciar tamanha barbaridade, executada pelos próprios pais.

A cena que descrevo a seguir foi o que eu interpretei, depois de acompanhar todo o caso, todo o julgamento, é tambem muito baseado no depoimento dos réus, e claro, do perfil psicológico que foi nos mostrado genialmente por Cembranelli.

Dentro do Ka, como sempre, Ana Carolina Jatobá estava descontrolada e gritando. Apesar disso, o caçula dormia na cadeirinha do banco de trás, e Pietro e Isabella acompanhavam a discussão assustados. Em determinado momento, Jatobá começa a xingar Carol, mãe de Isabella, e a menina, como toda criança desta idade deve ter falado, bem baixinho "puta vagabunda é você".

E daí o bicho deve ter pegado a valer. O soco desferido por Jatobá foi certeiro, e com um agravante- a chave entre os dedos - rasgou a pele da testa de Isabella. Provavelmente neste momento, ela desmaiou. O sangramento é inevitavel, e finalmente Alexandre surta e vem a sua mente um monte de perguntas. Como entregar Isabella a Carol com aquela ferida ? Como evitar que Isabella contasse o ocorrido pra alguem ? Jatobá, transtornada, grita "eu matei a menina ! eu matei a menina !" Já estavam muito perto do Edificio London para pensar. Alexandre manda Jatobá calar a boca, afinal ele se dizia "bacharel em Direito", apesar de nem português falar direito, e diz a Jatobá "limpe esta merda que eu vou resolver isso". E aflora a maldade na sua mente. Entram em silencio para não despertar a atenção do vigia do prédio, e o resto todos sabem.

Cembranelli foi brilhante ao demonstrar que não existia a hipótese de terceira pessoa, simplemente montando uma linha do tempo. Como seria possível os réus estarem na garagem, no momento da queda de Isabella, se em menos de um minuto Jatobá ligava para seu pai, do telefone fixo do apartamento, e Alexandre viajava dentro do elevador rumo ao hall de entrada do London ? Como seria possivel, que na ocasião da ligação do vizinho do primeiro andar pro 190 ocorresse 2 minutos depois da queda, e relatar a chegada de Alexandre junto ao corpo da criança ?

O fato é que não existiu uma prova cabal que incriminasse os Nardoni. O que eles devem ter removido de provas não deve ter sido brincadeira. A perícia achou realmente coisas muito pequenas, insignificantes, e Alexandre fez realmente um bom trabalho, limpando quase tudo. E, juridicamente, os exames apresentados pela Dra Renata eram realmente contundentes, porém inconclusivos.

A defesa gritou, esperneou, usou de um artificio moralmente condenável, que foi o de afastar Carol da sala de julgamento, tentanto exatamente focar na parte técnica, da absoluta falta de certeza que os laudos produziram. Sim, o sangue era de Isabella. Sim, havia marcas da rede na camiseta de Alexandre. Mas isso não garante a cronologia dos fatos.

Podval insistiu na tese e acabou optando por mudar quando viu que não chegaria aonde pensava, e virou-se a plantar duvidas e questionar coisas que não haviam sido feitas, como o DNA no fio de cabelo achado junto à rede.

Carol, que me pareceu sempre muito determinada e forte, ausentou-se do ultimo dia. Achei, sinceramente, que mesmo arrasada , ela estaria lá. O confinamento de três dias minou-lhe as forças, e ela não teve condições de ir.

Cembranelli tem até site de fãs. Se, se candidatasse a presidente hoje, ele venceria. Virou o latin lover perfeito, ético, firme, justo. Deu um show, e entrou pra história por conduzir o primeiro julgamento com o reagente blue-star no Brasil. Não por acaso, citou C.S.I e outras séries durante sua argumentação. Percebeu o apelo deste tipo de solução juridica, demonstrada em tantos filmes e séries, e apostou nisso.

Esqueceram de avisar a ele que foi feito daquele jeito porque a opinião publica resolveu vender a historia, mas a Justiça brasileira não tem nem dinheiro nem pessoal qualificado pra fazer 1% dos julgamentos com um décimo da tecnologia usada.

Não tem dinheiro nem pra colher o material, quanto mais ficar fazendo DNA a torto e a direito...

Os bandidos, cumprem na verdade 10, 12 anos de cadeia e estarão livres. Nosso arcabouço juridico não apenas o permite, como o incentiva. Não existe cadeia pra todos os mandados de prisão emitidos. Na verdade, 70% dos que deveriam estar presos circulam livremente entre nós, pois não existe como alojar o meliante.

Isso que dizer que em 2020, assitiremos em HD 3D audio stereo four-sorround no Fantástico, diretamente na sua sala, os Nardonis sendo liberados, sorrisão na cara. Como vai ser transmitido em 3D você vai dar um tapa imaginário na cabeça do filho da puta e dizer "aprendeu, né vagabundo ?". Ele escreve um e-book pra vender na Amazon.com e fica rico , indo morar na China, que provavelmente estará entrando na era democrática.

Suntentaremos esses vagabundos durante 31 anos, pra Alexandre, 26 anos pra Jatobá.

Ninguém fala da dor de Carol. Ninguém fala nas pirações de Pietro. Ninguém fala das famílias destroçadas.

Venderam muito jornal, muita revista, um evento comentado por todos via twitter, mas continuamos na mesma. Com um sistema prisional falido, com uma Justiça lerda e baseada em leis permissivas e impunidade. Políticos nojentos e gulosos, que tiram descaradamente nosso direito a educação de qualidade e uma saude no mínimo decente.

O assunto do ano eleitoral é Bigui Bróder , depois vem a Copa do Mundo. Tudo o que se quer em Brasilia, assim ninguém cobra, ninguém presta atenção. E a roubalheira continua, livre, leve e solta. O assunto da mídia é se sai Dourado.

Lamento quem soltou fogos, mas a Justiça, mais uma vez, não foi feita. Talvez em outubro...outubro ? Deixa pra lá....
Postar um comentário

Tudo ao mesmo tempo agora

Facebook, Twitter, LinkedIn, Blogger, Tumblr, Google+, Snapchat, ICQ, WhatsApp... Agora só falta você...